Header Ads

Últimas Notícias
recent

Médico é assaltado enquanto fazia sexo grupal com 3 pedreiros


Um pedreiro foi preso pela Polícia Civil (PC) após um turista denunciar que teve R$ 2 mil roubados enquanto fazia sexo com ele e outros três operários, na madrugada de domingo (11) em Fernando de Noronha em Pernambuco.

Segundo a PC informa, o turista é um médico, morador de São Paulo e retornava para a pousada onde estava hospedado, por volta das 3 horas, quando encontrou os quatro pedreiros em uma obra próximo a rodovia BR-363.

Um dos operários perguntou se o turista tinha interesse em sexo e o visitante, segundo a polícia, propôs que o ato fosse com os quatro trabalhadores. Eles aceitaram a proposta e levaram o turista para um terreno baldio. Durante o ato, o visitante deixou a roupa e uma pochete de lado.

Um desses pedreiros pegou a pochete e saiu enquanto o turista estava com os outros três homens. Ao perceber que seus pertences não estavam mais lá, o turista saiu em perseguição e o acusado jogou a pochete fora. Com a ajuda dos outros três, o turista recolheu os pertences e só então notou que a quantia de R$ 2 mil não estava mais lá.

O visitante conseguiu fotografar o acusado e levou a imagem à PC, que identificou como sendo um pedreiro que trabalha na obra de uma pousada. O acusado confirmou o furto, devolveu R$ 1 mil e foi preso. Ele foi submetido a uma audiência de custódia on-line e, de acordo com a decisão da Justiça, irá responder pelo crime em liberdade.

Tecnologia do Blogger.