Header Ads

Últimas Notícias
recent

Família ‘Maia’ tem pré-candidaturas na situação e na oposição em Catolé do Rocha


A sucessão municipal deste domingo (20) chega à cidade de Catolé do Rocha, no sertão paraibano. A cidade que é conhecida por conflitos históricos entre grupos familiares, tem nas disputas pela prefeitura municipal verdadeiras batalhas da democracia. Os pleitos são sempre bastante acirrados e contam com o engajamento de sua população. Um detalhe em especial, chama atenção: mesmo dividida, a família Maia comanda a cidade por décadas.


O atual prefeito é o médico Leomar Maia (PTB), que está em seu quinto mandato no Executivo municipal. Apesar de enfrentar pleitos difíceis, ele nunca perdeu uma eleição para o cargo. Por ter sido reeleito em 2016, não poderá concorrer no próximo ano, mas deve estar na disputa apoiando o empresário e atual vice-prefeito Laurinho Adolfo Maia (DEM), seu primo. Ambos se enfrentaram na disputa de 2008.

Pela oposição, um dos nomes mais lembrados é o do ex-prefeito Lauro Sérgio Maia (Cidadania), que governou a cidade de 1986 a 1988. Na época, ele era vice do irmão, José Otávio Maia, e assumiu o cargo depois que o titular do cargo foi eleito deputado. Lauro Maia perdeu para Leomar nas duas vezes que disputou diretamente o cargo de prefeito: em 2004 e em 2016. Ele também concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) em 2018, mas não foi eleito.

Já se coloca como candidato o ex-vereador e médico Paulinho, que atualmente preside o PSB na cidade. Ele já havia disputado a prefeitura no ano de 2012, na época, contra o grupo de Leomar, mas perdeu a disputa com uma diferença de 417 votos. Um detalhe, é que Paulinho é cunhado do atual vice-prefeito Laurinho.

Outro nome aventado é o do também médico Napoleão Suassuna (PR), sobrinho do suplente de senador Ney Suassuna. Ele já foi prefeito de Riacho dos Cavalos e hoje mantém domicílio eleitoral e influência política em Catolé do Rocha. Um dado curioso é que, no passado membros da família Suassuna mantiveram laços com os Maias, portanto, hoje compartilham do mesmo sangue.

Fora do tronco familiar, o vereador Gentil Barreto (PSL), ex-presidente da Câmara municipal da cidade, em entrevista recente à imprensa catoleense, também demostrou interesse em disputar a prefeitura. Com larga experiência no legislativo, ele é vereador desde o ano de 1996 e está em seu quinto mandato. 

Toda esta configuração política demonstra que, se nenhum imprevisto acontecer, alguém ligado à família Maia poderá, outra vez, ocupar a prefeitura de Catolé do Rocha.

Blog panorama notícias

Fonte: Polêmica Paraíba

 
Tecnologia do Blogger.