Header Ads

Últimas Notícias
recent

Gervásio Maia e Frei Anastácio vão a encontro para defender ex-presidente Lula


Os deputados federais Gervásio Maia (PSB), Frei Anastácio (PT) e Wellington Roberto (PR) esteviram na reunião entre deputados oposicionistas, de esquerda e de centro com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, para contestar a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) desta quarta-feira (07), que autorizava a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para o Presídio de Tremembé 2, no interior de São Paulo.

Em entrevista à imprensa paraibana, Gervásio Maia classificou o encontro com o presidente do STF como “histórico”. “Foi um momento simbólico, pois deputados de todos os estados estavam na reunião. O Brasil estava participando naquele momento, em respeito à Constituição e as leis. Foi um momento histórico. Ali você tinha um encontro suprapartidário, inclusive deputados que não estão alinhados com o ex-presidente Lula, mas irmanados no sentido de que a lei vale para todos”, destacou.


Gervásio Maia adiantou que os deputados fizeram ponderações fortes ao presidente do STF, em favor de Lula, e revelou que uma decisão da suprema corte deve sair ainda hoje acerca da transferência do ex-presidente. “Dias Toffoli disse que o assunto está no supremo, que ele vai dar toda a celeridade possível para que o supremo possa ainda hoje se posicionar. Não adiantou o posicionamento, mas garantiu que a casa o fará ainda hoje”, pontuou.

Os parlamentares querem impedir que Lula seja transferido e pedem “a garantia dos direitos” do petista. Minutos após a reunião com os parlamentares, o STF decidiu, por 10 votos a 1, suspender a transferência do ex-presidente Lula para São Paulo e mantê-lo preso em Curitiba.


Tecnologia do Blogger.