Header Ads

Últimas Notícias
recent

“O governo não tem voto nem na comissão”, diz deputado sobre reforma da previdência


O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), comentou, nesta segunda-feira (3), a uma rádio Gaúcha a real possibilidade de derrota do governo Bolsonaro com a reforma. O presidente da comissão especial da reforma previdenciária, Marcelo Ramos, acabou de dizer na rádio Gaúcha:

“Para aprovar a reforma do jeito que está, o governo não tem voto nem na comissão”, disse Marcelo Ramos. Sobre a possibilidade de excluir os professores da proposta em tramitação no Congresso. Segundo ele, a ideia é "manter as atuais regras" para a categoria.

O puxão de orelhas da Câmara em Paulo Guedes: "O Brasil não trabalha para ele. É ele quem trabalha para o Brasil" O puxão de orelhas da Câmara em Paulo Guedes: "O Brasil não trabalha para ele. É ele quem trabalha para o Brasil"

“Estou incluindo professores (nos pontos que podem mudar na proposta) porque dois partidos se manifestaram sobre isso, o MDB e o PL. Somando os dois, são 61 deputados federais. E o governo não terá 61 votos de folga. Se esses dois partidos não votarem com o governo, não vai passar (a proposta na Câmara)”, disse Ramos, em entrevista ao Gaúcha Atualidade.
Tecnologia do Blogger.